Laboratório de Química do Estado Sólido
 LQES NEWS  portfólio  em pauta | pontos de vista | vivência lqes | lqes cultural | lqes responde 
 o laboratório | projetos e pesquisa | bibliotecas lqes | publicações e teses | serviços técno-científicos | alunos e alumni 

LQES
lqes news
novidades de C&T&I e do LQES

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

2005

2004

2003

2002

2001

LQES News anteriores

em foco

hot temas

 

NOVIDADES em C&T&I e do LQES

Resumindo : em 2008, ainda mais CO2 na atmosfera.

2% de dióxido de carbono a mais na atmosfera, em 2008. As causas ? O carvão e o crescimento econômico, sempre correlacionado às emissões de CO2, de um lado, e à diminuição dos poços de carbono, de outro. (Leia nota)

Surge, acidentalmente, novo e durável pigmento azul para múltiplas aplicações.

Pesquisadores americanos, aparentemente, parecem ter chegado ao fim da busca feita ao longo de milhares de anos por egípcios, pela dinastia Han, na China e pelas culturas maias : trata-se da criação de um pigmento azul quase-perfeito. (Leia nota)

Bateria de estado sólido recarregável de Li-O2.

Engenheiros americanos da Universidade do Dayton Research Institut (UDRI) desenvolveram a primeira bateria recarregável lítio-ar, concebida para responder aos riscos de incêndio e de explosão encontrados com as baterias do tipo íon-lítio. (Leia nota)

Bioetanol a partir de resíduos agrícolas: grandes novidades na produção.

Com a introdução de um único gene em uma levedura, pesquisadores holandeses conseguiram três melhorias na produção de bioetanol a partir de resíduos agrícolas: menos acetato, um pouco mais de glicerol e mais etanol. (Leia nota)

Nanopartículas que mimetizam moléculas de HDL colesterol.

Trata-se de avanço que poderá auxiliar no diagnóstico e na terapêutica de doenças cardiovasculares. (Leia nota)

Ceitec inicia fase final de teste do chip produzido pelo Brasil.

O Centro Nacional de Tecnologia Eletrônica Avançada, em Porto Alegre, começou a última fase de testes antes da produção em escala comercial de um chip destinado à rastreabilidade bovina. (Leia nota)

Defeitos em nanotubos de carbono revelam-se importantes para a construção de dispositivos para armazenamento de energia.

Introduzir defeitos nos nanotubos de carbono parece ser um ponto-chave para o desenvolvimento dos supercapacitores, sistemas importantes na questão energética. (Leia nota)

Instalado o Fórum de Competitividade de Nanotecnologia.

Os Fóruns de Competitividade são considerados estratégicos pelo governo brasileiro para apoiar a discussão e encaminhamento de iniciativas e programas segundo as dimensões da Política de Desenvolvimento Produtivo (PDP). (Leia nota)

Nariz eletrônico "fareja" câncer de pulmão.

À base de nanopartículas de ouro, o nariz eletrônico poderá possibilitar detecção precoce do mal. (Leia nota)

Fibras ópticas possibilitaram desenvolvimento de célula solar 3D.

Tratam-se das mesmas fibras ópticas utilizadas pela indústria de telecomunicações. (Leia nota)

Cientistas de diferentes áreas buscam otimizar tempo de triagem de culturas celulares.

Mais rápida a triagem, mais ganha o paciente contaminado por bactérias patogênicas. Nanopartículas deverão entrar em campo ! (Leia nota)

Um adeusinho às pilhas alcalinas !

Os acumuladores (pilhas recarregáveis) poderão dar ao Planeta o carinho que ele merece. (Leia nota)

Baterias de íon Lítio poderão ter um fôlego a mais !

A Nissam Motor e a Sumitomo anunciaram a criação da "4R Battery", uma empresa comum que tem por objetivo "reutilizar, revender, refazer e reciclar" as baterias de íon. (Leia nota)

Granito Líquido : material de construção do futuro ?

Pesquisadores ingleses desenvolveram novo material para construção, resistente a temperaturas maiores que 1100 graus Celsius, tão versátil quanto o concreto e feito de materiais reciclados. (Leia nota)

Filmes muito finos de cuprato ainda apresentam propriedades supercondutoras.

Mais uma pequena pedra foi colocada no edifício dos trabalhos com supercondutores de altas temperaturas críticas, por pesquisadores do Brookhaven National Laboratory (EUA). (Leia nota)

Na direção da avaliação de riscos de nanotubos de carbono.

Pesquisa cooperativa envolvendo vários laboratórios da UNICAMP e UFC obtém resultados importantes sobre o comportamento destes materiais em meio aquático. (Leia nota)

Surge a "Magnetricidade" ou eletricidade magnética.

Pesquisadores descobriram o equivalente magnético da eletricidade: cargas magnéticas que se comportam e interagem como cargas elétricas. (Leia nota)

Luz ultravioleta transforma nanotubos de carbono metálicos em semicondutores.

Uma luz no problema da coexistência de tubos metálicos e semicondutores em amostras de nanotubos de carbono ! (Leia nota)

Comunidade de nanotubos faz reunião em Niterói.

Três dias de extensas discussões marcaram a realização da reunião conjunta da Rede Nacional de Pesquisas em Nanotubos e o Encontro do INCT de Nanomateriais de Carbono. (Leia nota)

Lítio : novo eldorado ou miragem efêmera ?

A aposta está feita para uso em baterias para veículos elétricos. Só falta responder a uma pergunta : já combinaram com os donos das fontes produtoras ? (Leia nota)

A nanotech "invade" novas aplicações em energia.

Pesquisadores israelenses anunciam novas aplicações para os chamados "nanotubos peptídicos aromáticos". (Leia nota)

A corrida continua : a Sharp desenvolve célula fotovoltaica com rendimento de conversão de 35,8%.

Empresa japonesa retira o elemento germânio da célula convencional e o substitui por arseneto de índio e gálio (InGaAs). Com isso, fica em grande vantagem. (Leia nota)

Deixe sua mochila trabalhar por você e garanta a energia do seu celular.

Uma mochila capaz de converter a energia do sol em eletricidade : eis uma pechincha para os mochileiros, e outros aventureiros dos tempos modernos, que poderão recarregar seus celulares e GPS simplesmente an-dan-do ! (Leia nota)

Prêmio Nobel de Química 2009.

Estudo dos ribossomos, verdadeiras fábricas bioquímicas, é o "responsável" pela outorga do Prêmio a três pesquisadores. (Leia nota)

Bionanotecnologia contra a aftosa.

Utilizando biossensores compostos por proteínas e nanopartículas, pesquisadores do Instituto de Física de São Carlos (IFSC), da Universidade de São Paulo (USP), Brasil, desenvolveram um método inovador para detectar, em bovinos, o anticorpo da febre aftosa em animais. (Leia nota)

Nanotubos de carbono : promissores como fertilizantes para plantas ?

Alguns pesquisadores apostam nisso, outros, são mais céticos ! (Leia nota)

Nanotecnologia no processamento de biocombustível : lucros ambientais e financeiros !

Pesquisadores americanos trabalham para capitalizar os benefícios ambientais e financeiros do uso da nanotecnologia no melhoramento do processo de produção de etanol celulósico. (Leia nota)

Lab-on-a-chip é usado para sequenciar DNA.

Chip eletrônico é capaz de ler a informação genética de uma molécula de DNA. (Leia nota)

Nanotubos de carbono, se "ingeridos", causariam danos ao organismo.

Método de marcação isotópica poderá permitir visualizar nanotubos no interior de organismos vivos. (Leia nota)

Alzheimer e Parkinson : detecção precoce por conta das nanopartículas.

Desenvolvimento de laboratório-miniatura poderá permitir a detecção da doença em seus primeiros estágios. (Leia nota)

Morreu Aage Niels Bohr (1922-2009), Prêmio Nobel de Física.

Foi um dos grandes mestres da estrutura do núcleo atômico, e provavelmente também uma das últimas memórias vivas da epopéia da física atômica da primeira metade do século vinte. (Leia nota)

Metamaterial supercondutor poderá dar as cartas !

Ainda no terreno das suposições, um metamaterial poderá vir a disputar com um material "normal". Quem ganha ? Depende. (Leia nota)

Nanotubos de carbono: novamente o interesse terapêutico.

Apesar dos "prós e contras", pesquisadores americanos da Brown University (EUA) retomam as pesquisas. (Leia nota)

Cicatrização de circuitos eletrônicos.

A idéia vem dos pesquisadores da Universidade de Illinois (EUA) que já vem a algum tempo trabalhando no uso de resinas para cicatrizar pequenas fissuras. (Leia nota)

Metais radioativos fazem parte da dieta de bactéria.

O nome dela é Desulfuricans Desulfovibrio e, dizem, que cheira muito mal ! (Leia nota)

Nanofolhas de zeólita.

Pesquisadores do KAIST (Korea Advanced Institute of Technology) informam ter encontrado um novo método para a produção de folhas de zeólita. (Leia nota)

Pesquisadores brasileiros agraciados com Prêmio Internacional.

O reconhecimento foi devido à contribuição e colaboração internacional no estudo de materiais nanoestruturados de carbono. (Leia nota)

Moléculas reveladas em sua plenitude por microscopia de força atômica.

O uso de monóxido de carbono na ponta de prova de um microscópio de força atômica permite revelar a estrutura química de moléculas. (Leia nota)

Depois do grafeno e do grafano, o grafono, um semicondutor magnético.

Novo sistema, à base de grafeno, é um nanomaterial magnético e semicondutor com promissoras aplicações para a próxima geração de dispositivos eletrônicos. (Leia nota)

Células solares orgânicas : transformação de luz em eletricidade explicada.

Pesquisadores alemães da Universidade de Wurzburg se debruçaram sobre o problema e encontraram uma resposta. (Leia nota)

Quarenta anos : Feliz Aniversário, Internet !

Dois de Setembro marca o ponto de partida do desenvolvimento da Rede mundial como a conhecemos atualmente. Conheça as 10 datas-chave sobre a história da Internet. (Leia nota)

Edifícios cobertos com algas ? Sim : para produzir biocombustível !

A idéia consta de relatório do conceituado Institute of Mechanical Engineers, dos Estados Unidos. (Leia nota)

Seria a platina um elemento "alienígena" ?

Pesquisadores australianos, canadenses e finlandeses levantaram a questão e apresentam uma possível explicação. (Leia nota)

Chips à base de DNA : menores, mais rápidos e eficientes.

IBM e Caltech deram um grande passo a frente. (Leia nota)

Redescobrindo os químicos árabes da antiguidade.

Reconhecida a contribuição dos químicos árabes na construção da Ciência e da Química. (Leia nota)

Dessalinização : a nanotecnologia oferece método rápido e eficiente para transformar a água do mar em água doce.

Modelagem computacional aponta nanotubos de nitreto de boro como muito eficientes para dessalinização da água. (Leia nota)

Com pesquisa e sem alarde.

Iniciativa internacional aposta em estudos de toxicidade para desenvolver nanomateriais seguros. (Leia nota)

Células solares num spray !

Novas células solares podem ser produzidas como numa pintura de paredes de prédios ou de telhados graças a uma tinta especial constituída de nanopartículas. (Leia nota)

Estudo revela : crescimento de nanotubos de carbono dispensa uso de catalisadores metálicos.

Pesquisadores do MIT demonstraram que nanotubos de carbono podem ser crescidos sobre superfícies de óxido de zircônio. (Leia nota)

Teto de vidro + calor solar : uma parceria quente !

Simples telhas de vidro podem transformar telhado de uma casa em imenso captador solar. (Leia nota)

Portais científicos do Brasil estão entre os mais acessados no mundo.

Ranking que lista duas mil instituições foi divulgado pelo Cybermetrics Lab, do CSIC (Espanha). (Leia nota)

Superfícies metálicas possibilitam crescimento de nanoilhas de grafeno.

Pesquisadores americanos e italianos têm crescido nanoilhas de grafeno na superfície do cobalto. (Leia nota)

Olho biônico : da ficção científica à realidade.

Laboratórios trabalham buscando desenvolver dispositivos optoeletrônicos para restituir (mesmo que parcialmente) a visão a deficientes visuais. (Leia nota)

Alumínio imita o silício e se torna transparente aos raios ultravioletas.

Equipe de pesquisadores da Universidade de Oxford é responsável pela proeza. (Leia nota)

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) promove conferência sobre nanotecnologias.

A Conferência teve lugar na sede da Organização, com o objetivo de aprofundar as discussões sobre os potenciais benefícios e riscos das nanotecnologias para o meio ambiente. (Leia nota)

DNA auxilia na separação de nanotubos de carbono.

Mesmo admitindo que o custo não é baixo, pesquisadores americanos apresentam um método que permite separar nanotubos de carbono segundo sua quiralidade. (Leia nota)

Lixo exportado da Inglaterra será devolvido.

Os contêineres de lixo exportados ilegalmente do Reino Unido para o Brasil serão reembarcados : devolvidos ao porto de origem. (Leia nota)

Resíduos orgânicos : fonte para produção de hidrogênio.

Pesquisadores da Universidade de Cadiz, Espanha, estudam a produção de um biogás, rico em hidrogênio, que poderá ser valorizado energeticamente para utilização em pilhas a combustível. (Leia nota)

Ossos humanos vistos na intimidade, graças ao laser.

A Espectroscopia Raman pode ajudar no diagnóstico de doenças ósseas. (Leia nota)

Relação cânceres e meio ambiente : muita coisa a ser feita !

O meio ambiente contém grande número de poluentes e produtos químicos. Resta saber qual seu papel no desenvolvimento de cânceres. (Leia nota)

Passos largos da Optrônica : transistores do tamanho de uma molécula.

Pesquisadores começam a fazer com fótons aquilo que já é feito com elétrons. (Leia nota)

Urina : a mais nova fonte de hidrogênio !

Pesquisadores americanos estão conseguindo "ganhar" os quatro átomos de hidrogênio da uréia, principal componente do popularmente conhecido xixi. (Leia nota)

Bye bye Aspirina, "que venha a prata" !

Nanopartículas de prata : anticoagulantes na medida certa ! (Leia nota)

Utilização de energias fósseis afeta o ciclo do nitrogênio.

"O ciclo do nitrogênio foi fundamentalmente transformado pela injeção na atmosfera de óxido de nitrogênio." (Leia nota)

Câncer : um dos alvos das nanotecnologias.

Com uma nova técnica, nanopartículas alvejam as células cancerosas e, assim, a quimioterapia pode agir diretamente sobre elas. (Leia nota)

Comportamento mecânico de nanofios de sal surpreende pesquisadores.

Mais uma novidade da nanoescala : nesta dimensão, o velho sal de cozinha é superplástico, uma característica até então atribuída apenas a metais e a algumas cerâmicas. (Leia nota)

Espessura cortical pode ser a chave para diagnóstico antecipado da doença de Alzheimer.

A medida da espessura média de certas zonas corticais, a partir de exame de IRM, permite predizer, três em cada quatro vezes, se um indivíduo examinado evoluirá para a doença de Alzheimer. (Leia nota)

Cientistas americanos se manifestam sobre marcos regulatórios para as nanotecnologias.

Estudo revela : cientistas vêem os marcos regulatórios como proteções para a sociedade, público os vê como restrições limitando o uso de produtos consumíveis. (Leia nota)

Combinação de cobalto e nanohélices de vidro gera "nadador" muito especial.

É, estranhamente, parecido com um espermatozóide e pode "nadar" no corpo humano. (Leia nota)

Desenvolvido novo citômetro, baseado no efeito Raman, capaz de detectar um único nanotubo de carbono em organismos vivos.

Acredite ! É possível monitorar, em tempo real, o movimento de um único nanotubo de carbono na circulação sanguínea de organismos vivos. (Leia nota)

Austrália apresenta os DVDs de amanhã.

Baseados em nanotecnologia, os novos DVDs poderão aumentar a capacidade de estocagem em mais de 2000 vezes. (Leia nota)

Novo catalisador converte gás carbônico em metanol.

Acredite : pesquisadores de Singapura desenvolvem catalisador para usar o ar como fonte para produzir metanol. (Leia nota)

Novos materiais inteligentes, mudando de cor, indicam ruptura iminente.

O uso de mecanóforos - moléculas que mudam de cor quando submetidas a uma força -, revelam histórico de tensão, temperatura e de exposição de luz do material. (Leia nota)

Garrafas de Coca-Cola com tecnologias biobaseadas.

O etilenoglicol das novas garrafas de água Dasani será derivado de açúcar e melaço. (Leia nota)

Produção científica cresce 56% no Brasil.

O Brasil alcançou, em 2008, a 13a posição na classificação mundial de produção científica. Comparando-se a produção brasileira de 2007 e 2008, observa-se um crescimento de 56% ! (Leia nota)

O velho efeito fotoelétrico ainda reserva surpresas !

É isso mesmo : sob o efeito de lasers intensos, alguns átomos não se comportam como o esperado. (Leia nota)

Luz do sol pode fazer objetos "andar" na superfície da água.

Nanotubos aquecidos dão uma mãozinha para que o processo se realize. (Leia nota)

Concreto de alta qualidade, mesmo com cimento "nem tanto" !

Nanoaditivos adicionados ao concreto possibilitam uma diminuição da quantidade de cimento : solidez; resistência a fissuras, etc., são mantidas. (Leia nota)

Arranjos de nanotubos de carbono : uma nova geração de cristais fotônicos.

"Pesquisadores gregos e ingleses investigaram as propriedades fotônicas de um arranjo bidimensional de nanotubos de carbono". (Leia nota)

Papel eletrônico : em cena, um novo concorrente.

Pixels contendo reservatório de tinta podem culminar no desenvolvimento de leitores eletrônicos brilhantes, cada vez mais próximos do papel impresso. (Leia nota)

Nanopartículas no tratamento das toxicomanias..

Na mira da nanotecnologia, gene implicado em numerosas formas de toxicomania. (Leia nota)

Nanoestruturas conferem maior potência às baterias de íon lítio.

Que venham as novas baterias ! Materiais eletrônicos e carros elétricos só terão a ganhar com elas. (Leia nota)

Novo método de obtenção de nanofitas de grafeno : rumo a uma nova e mais rápida eletrônica.

A "abertura" de nanotubos ao longo do comprimento pode tornar possível a fabricação de componentes que impactarão a eletrônica. (Leia nota)

"Chuva delivery", graças a um novo tipo de gelo !

Da tentativa de compreender como se formam, em escala nanométrica, os cristais de gelo nas nuvens, pesquisadores chegaram à "produção" de chuva. (Leia nota)

Micróbios comedores de ferro na Antártida..

Vivem em um ambiente "que é um dos mais inóspitos da Terra : um pedaço de mar que ficou perdido entre o gelo de um glaciar da Antártida e a superfície rochosa do planeta". (Leia nota)

Infravermelho desvenda propriedades de filmes finos à base de nanotubos de carbono.

Trata-se, conforme os cientistas, do primeiro estudo científico do tipo, unindo medidas e cálculos sobre esse sistema. (Leia nota)

DNA dá origem a nanotubos também !

Pesquisadores da Universidade McGill construíram os primeiros exemplos de nanotubos de DNA dotados de uma geometria controlada. (Leia nota)

Transformação do CO2 em energia fóssil menos agressiva ao meio ambiente..

"Em comparação com outras energias fósseis utilizadas pelo Homem, o metano (...) libera menos dióxido de carbono". (Leia nota)

Clonagem pode ser a chave para controle da quiralidade na produção de nanotubos de carbono.

Pesquisadores chineses conseguem fazer nanotubos de carbono com quiralidade encomendada. (Leia nota)

Recorra à nanotecnologia e faça de seu corpo uma bateria !

Nanofios de óxido de zinco geram corrente elétrica quando submetidos a estresse mecânico, daí, os movimentos do corpo... (Leia nota)

Microalgas poderão, sim, ser uma alternativa energética ao petróleo..

Industriais estão de olho nas microalgas : querem produzir "ouro verde", biocombustível dito de "terceira geração", derivado de biomassa renovável. (Leia nota)

Nanoarmadilhas em águas turvas.

Se os benefícios das nanotecnologias não precisam mais ser atestados, seu progresso poderá se fazer acompanhar de uma poluição das águas. Pesquisadores franceses desenvolvem um procedimento para resolver esse problema. (Leia nota)

Grafeno obtido por crescimento ? Primeiros trabalhos indicam que se trata de hipótese bastante válida..

Pesquisadores alemães dão grande passo na compreensão da formação deste instigante material. (Leia nota)

Inventores da Unicamp recebem premiação por suas pesquisas..

Oswaldo Luiz Alves, coordenador científico do Laboratório de Química do Estado Sólido, está entre os premiados. (Leia nota)

Papel da mecânica quântica no funcionamento do cérebro.

Teoria quântica da consciência, proposta por Penrose (matemático e físico) e Hamerhof (anestesiologista), é refutada. (Leia nota)

Guerra é guerra : nanopartículas de metais versus bactérias..

Nanopartículas de ouro, de prata, de cobalto ou de platina podem "encurralar" bactérias, como a Listeria monocitogenes, que teimam em atacar alimentos. (Leia nota)

Empresa californiana aposta no mercado de "algocombustíveis".

Biocombustíveis à base de algas, segundo a Petroalgae, podem ser viáveis comercialmente. (Leia nota)

Impossível ? Não ! Sódio metálico se torna transparente..

Em condições de pressão similares àquelas que reinam no centro dos planetas gigantes o que não era senão uma predição teórica acaba de ser demonstrado. (Leia nota)

Urânio é o novo integrante do time dos "buckyballs".

Diferentemente dos análogos de carbono estes materiais podem ser obtidos por auto-organização em solução aquosa. (Leia nota)

Em 2010 o etanol celulósico será rentável, garante a Novozymes..

A empresa dinamarquesa anuncia que o custo de produção será dividido por dois e prevê o lançamento de sua primeira usina no ano que vem. (Leia nota)

Empresa americana sai na frente e anuncia as células solares transparentes.

A Konarka Technologies apresentou vários materiais orgânicos para células solares em exposição sobre fotovoltaicos realizada recentemente no Japão. (Leia nota)

Mais uma do velho carbono : o grafite como semicondutor !.

Pesquisadores alemães descobriram que o grafite se comporta como um semicondutor em períodos de tempo ultracurtos. (Leia nota)

Uma nova proteína fluorescente.

Pesquisador da Universidade de Uppsala realizando experimentos com um amphioxus descobre nova proteína fluorescente, mais estável que a GFP (Green Fluorescent Protein), cujo estudo levou ao Prêmio Nobel de Química. (Leia nota)

Gás carbônico (CO2), seu seqüestro e a Geoengenharia : um consenso ainda longe de ser alcançado !.

Idéias de como abordar a questão do CO2 estão surgindo, entretanto, a solução do problema, dadas suas dimensões e complexidade, requer ainda muitos estudos e, sobretudo, vontade política. (Leia nota)

A biomedicina tem novo aliado : o nácar, mais conhecido como madrepérola.

Substância extraordinariamente complexa, secretada por certos moluscos, pode inspirar novos métodos biomédicos. (Leia nota)

Nanotubos de carbono funcionalizados são recobertos com nanopartículas de ouro..

Tese defendida no LQES estuda a cinética de crescimento de nanopartículas de ouro funcionalizadas com diferentes moléculas orgânicas e desenvolve protocolo para o recobrimento de nanotubos de carbono usando estas nanopartículas metálicas. (Leia nota)

Boletim Nano em Foco : parceria ABDI-LQES.

Notícias de Nanotecnologia sobre que acontece no Brasil e no mundo de interesse dos diferentes setores industriais da economia brasileira. (Leia nota)

Nanotecnologias abrem caminho para novas próteses ortopédicas, dentárias e cardiovasculares.

Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Montreal descobriu procedimento baseado nas recentes descobertas da nanotecnologia para produzir novas e promissoras superfícies metálicas. (Leia nota)

Circuitos eletrônicos e neurônios, sim : com neurônios !

Pesquisadores do Instituto Weizmann (Israel) criaram circuitos eletrônicos com neurônios verdadeiros, ao invés de estimular os neurônios com circuitos. (Leia nota)

Um teste de urina poderia ser o suficiente para detectar um câncer da próstata.

A presença de um aminoácido, a sarcosina, testemunharia a presença de um tumor da próstata. Essa descoberta cria esperança de um diagnóstico rápido e fácil, após uma simples análise de urina. (Leia nota)

Sol + água + nitreto de carbono = hidrogênio !

Quem garante são os cientistas do Instituto Max-Plack de Colóides e Interfaces (Alemanha). (Leia nota)

Darwin aniversaria : 200 anos !

2009 é o Ano de comemoração dos 200 anos do nascimento do naturalista e dos 150 anos da publicação de seu livro A Origem das Espécies. (Leia nota)

Água, café e até urina... podem recarregar pilhas !

A novidade vem do Japão e "atende" pelo nome NoPoPo. (Leia nota)

Força quântica repulsiva.

Pesquisadores medem, pela primeira vez, força repulsiva resultante de flutuações do campo eletromagnético. (Leia nota)

Transmissão sem fio em altíssima velocidade já é realidade.

Tecnologia de transmissão de 15 Gbits/s, da Geórgia Tech, acede ao status de padrão. (Leia nota)

Fibrose cística na mira dos quantum dots.

O século XXI será, com certeza, aquele da biologia e das nanotecnologias. (Leia nota)

Fabricação de chips ganha novo material.

Químicos da Universidade de Müenster (WWU), Alemanha, desenvolveram um material semicondutor cujas propriedades mudam em função da temperatura. (Leia nota)

Grafano e Grafeno : os primos se encontram.

A Natureza, às vezes, se encarrega de demonstrar sua força, "desmentir" a teoria. (Leia nota)

Nanopirilampos podem ser capturados e manipulados com pinças ópticas de baixa potência.

Os pirilampos emitem flashes de luz que lhes permitem se localizar mutuamente. Em escala nanométrica, os quantum dots se comportam de maneira semelhante. (Leia nota)

Revista Pesquisa Fapesp destaca transferência de tecnologia realizada pelo LQES.

Edição de Janeiro de 2009 mostra dois casos de sucesso de transferência de tecnologia para o setor produtivo brasileiro. Um deles envolve aplicação de nanotecnologia ao meio ambiente. (Leia nota)

Crise é oportunidade para investir em desenvolvimento tecnológico.

(...) "O suporte imediato ao desenvolvimento tecnológico objetivo nas empresas é a melhor forma de aproveitar a crise para aumentar a competitividade do País.", afirma Roberto Nicolsky, da Protec. (Leia nota)

2011 : Ano Internacional da Química.

Assembléia das Nações Unidas aceita proposta da IUPAC. (Leia nota)

Grafeno : o "queridinho" dos componentes eletrônicos e circuitos integrados.

Ao que tudo indica, o futuro sem silício começa a ser anunciado ! (Leia nota)

Da science-fiction para a realidade : nanorobô "surfista" de artérias !

Trata-se de um nanocirurgião que, espera-se, em breve será elemento disputado nos centros cirúrgicos. (Leia nota)

Brasil bate recordes de exportação de etanol e produção de biodiesel.

Aqui vão os números : o Brasil exportou 5,16 bilhões de litros de etanol, de um total de 24,5 bilhões de litros produzidos em 2008. (Leia nota)

Novo conceito de memória magnética.

A idéia dos pesquisadores alemães foi utilizar "ilhas magnéticas" em escala nano como conceito para a estocagem de dados. (Leia nota)

Confinar os nanotubos de carbono : essa é a recomendação.

A recomendação vem do Alto Conselho de Saúde Pública francês. (Leia nota)

Vem do Canadá a primeiríssima regra nacional obrigatória sobre a Nanotecnologia.

Delegados ambientais canadenses prevêem necessitar de dados quantitativos, de utilização e de toxicidade. (Leia nota)


 © 2001-2017 LQES - lqes@iqm.unicamp.br sobre o lqes | políticas | link o lqes | divulgação | fale conosco