Laboratório de Química do Estado Sólido
 LQES NEWS  portfólio  em pauta | pontos de vista | vivência lqes | lqes cultural | lqes responde 
 o laboratório | projetos e pesquisa | bibliotecas lqes | publicações e teses | serviços técno-científicos | alunos e alumni 

LQES
 lqes responde
H1N1

sopa primordial

propriedade intelectual

o que é uma nanopartícula?

elips˘metro

lápis-lazuli

cosméticos

genéricos

cartilha de produtos clandestinos

controle de produtos químicos

água grau reagente

reprografia e direito autoral

caderno de laboratório


recomendações de segurança

pilhas e baterias: descarte

nomenclatura e símbolos IUPAC

acrônimos

glossário lqes

abreviaturas de periódicos

conheça um laboratório

redigir trabalhos científicos

o que são patentes?

 
GLOSSÁRIO LQES 

Os verbetes, redigidos em português, estão repertoriados em ordem alfabética. Ao clicar na letra do alfabeto, você terá acesso aos verbetes já produzidos. Aguarde, pois outros virão!

A B C D E F G H I J K L M
N O P Q R S T U V W X Y Z


A  - voltar
Acíclico Não cíclico.
Ácido Na definição de Brønsted, um ácido é uma espécie química que pode doar um próton para outra espécie (uma base). Na definição de Lewis, um ácido é uma espécie química que pode aceitar um par de elétrons de outra espécie (base de Lewis).
Aminoácido Molécula contendo tanto um grupo amino quanto um grupo carboxílico. Os aminoácidos, quando ligados por ligações amídicas, formam peptídeos e proteínas.
Anfibólio Classe de mineral da família dos silicatos que possui tetraedros fundidos de silicatos [(SiO4)4 -].
Ânion Íon carregado negativamente.
Anisotropia Propriedade que varia com a direção.
Antifluorita Arranjo cúbico de face centrada (cfc), expandido com cátions em todos os sítios tetraédricos (inverso da estrutura fluorita). O Li2O tem estrutura antifluorita.
Aromático Termo usado para descrever estruturas cíclicas contendo ligações p (pi) e que possuem uma estabilidade especial.
Átomo Menor unidade de um elemento químico, com diâmetro de cerca de um terço do nanometro.
Átomo intersticial Átomo que ocupa uma posição normalmente vazia na rede de um cristal.
Austenita (1) Fase de alta temperatura do ferro (também conhecida como g -Ferro), estável na faixa de temperatura de ~900 - 1400 °C.
(2) Fase de alta temperatura em um sistema bifásico que sofre uma transição de fase martensítica, como por exemplo, o NiTi.



B  - voltar
Bactéria Microorganismo unicelular, com cerca de um micrometro.
Banda Conjunto de orbitais delocalizados através do sólido, possuindo energias tão próximas que o espaçamento entre eles é aproximadamente contínuo.

Banda de condução (BC)

Banda que, uma vez ocupada por elétrons móveis, permite que seu movimento resulte numa direção particular que corresponde ao fluxo de eletricidade através do sólido.

Banda proibida

Separação entre o topo da banda de valência e o fundo (parte mais baixa) da banda de condução [band gap].

Banda da valência (BV)

Banda de maior energia, situada na parte mais baixa da banda proibida.

Bakelite

Nome comercial dado a certas resinas constituídas de fenol-formaldeído, introduzidas em 1909 pelo químico belgo-americano Leo Hendrick Baekeland (1863-1944).

Base Na definição de Brønsted, uma base é uma espécie química que pode aceitar um próton de outra espécie (ácido). Na definição de Lewis, uma base é uma espécie química que pode doar um par de elétrons para outra espécie (base de Lewis).

Bauxita

Principal minério de alumínio, que consiste basicamente de óxidos hidratados de alumínio. Os maiores produtores deste minério são a Austrália, Jamaica, Brasil, Suriname e Rússia.

Biodegradável

Capaz de sofrer decomposição no ambiente.

Biofeedback Ciclo de retorno da informação que vai do corpo em direção ao cérebro.
Biomimética Dito de uma estrutura ou função que imita a vida.
Biótica Nova ciência, resultado da união da biologia com a informática. Aplica-se principalmente à criação de interconexões entre o cérebro humano e os computadores.
Biosfera Conjunto de tudo que vive no planeta. Superfície da litosfera onde se encontram os seres vivos.

Borosilicatos

grande número de substâncias nas quais unidades BO3 e SiO4 estão ligadas formando redes. Os vidros borosilicatos são particularmente importantes. A Adição de B2O3 na rede de silicato faz com que o vidro funda à temperaturas mais baixas do que a sílica pura, como também, expande seu intervalo de comportamento plástico.

Brucita

Nome dado à forma mineral do hidróxido de Magnésio, Mg(OH)2.

Buckminsterfulereno

Forma alotrópica do carbono, de fórmula C60 . A molécula possui forma e simetria de uma bola de futebol.

Buraco

Posição com falta de elétrons na estrutura cristalina de um sólido, que se comporta como um "transportador" de cargas móveis positivas.

Buraco cúbico

Buraco formado no centro de oito átomos ou íons que se situam nas arestas de um cubo.

Buraco octaédrico

Buraco formado no centro de seis átomos ou íons, situados nos cantos de um octaedro.

Buraco tetraédrico

buraco formado no centro de quatro átomos ou íons, localizados nas faces de um tetraedro.




C  - voltar

Calixarenos

Compostos que têm moléculas com uma estrutura que lembra um cálice (o nome vem do grego calix). O mais simples calixareno é formado por 4 moléculas de fenol, ligadas por quatro grupos - CH2 -, na forma de um anel. Os quatro hexágonos de fenol apontam para a mesma direção, formando uma cavidade. Tem sido demonstrado grande interesse nestas moléculas, dada sua potencial habilidade em mimetizar a ação de enzimas.

Campo crítico (Hc) Maior resistência de um campo magnético, na qual o estado de supercondução pode ser mantido em um sólido.
Caos Componente [ou comportamento] imprevisível de certos sistemas, regidos, contudo, por leis determinísticas.
Capacidade calorífica específica Quantidade de calor necessária para elevar de 10 C um grama de substância.

Catalisador

Espécie química, ou outra estrutura, que facilita uma reação química sem que ela própria sofra uma modificação permanente.

Cela unitária Unidade de uma estrutura estendida que se repete; paralelepípedo em três dimensões, cuja translação ao longo de cada um dos eixos cada célula unitária reproduz toda estrutura cristalina.
Célula Pequena unidade estrutural, envolvida por uma membrana.

Célula farmacológica

Entidade que, através de nanomáquinas, realiza a "entrega" de medicamentos em pontos precisos do corpo [organismo].
Célula cirúrgica Modificações de estruturas celulares feitas com a utilização de nanomáquinas médicas.

Cerâmica

Material inorgânico, tal como porcelanas e refratários. As cerâmicas são formadas por silicatos, óxidos, nitretos metálicos, etc.

Ciberespaço Espaço-tempo eletrônico criado pelas redes de comunicação e as interconexões entre computadores multimídia.
Cibernética Ciência de regulação [manutenção] dos organismos e das máquinas.
Cibionte Macroorganismo planetário. Superorganismo híbrido, biológico, mecânico e eletrônico, incluindo os homens, as máquinas, as redes, as sociedades. Também chamado macrocélula planetária viva, ecossistema social, ser vivo macroscópico. (Cf.: Jöel de Rosnay - L'Homme Symbiotique, Paris, Éditions de Seuil, 2000.)
Ciclo de vida (de um material) Extração do material em estado bruto, síntese e processamento, preparação de produtos, usos e considerações sobre o desgaste material, reciclagem.

Cirurgia molecular (reparação molecular)

Análise e correção (reparação) física de estruturas moleculares no organismo, via uso de nanomáquinas médicas.

Cloreto de césio, estrutura tipo

Estrutura formada por dois cubos simples ordenados, interpenetrados. A célula unitária consiste de um cubo tendo um tipo de átomo nos vértices e outro tipo de átomo no centro do segundo cubo.
Cloreto de sódio, estrutura

Estrutura formada por arranjos cúbicos de cátions e ânions, de faces centradas, interpenetrados.

"Cluster"

Composto em que grupos de átomos metálicos estão ligados por ligação metal-metal. A formação destes compostos é característica de certos metais de transição, particularmente Mo, W, mas também V, Ta, Nb e U. Compostos isopoli são aqueles nos quais o cluster contém somente átomos do mesmo elemento, enquanto que nos compostos heteropoli verifica-se a presença de diferentes elementos.

Co-evolução Evolução conjunta de sistemas biológicos, técnicos ou sociais, associados entre si e influenciando-se mutuamente.

Compressão (de dados)

Técnica informática que permite compactar uma mensagem, uma imagem ou um som, a fim de ocupar menos lugar na memória ou nas redes de comunicação.

Concentração de Transportadores

É o número de transportadores por unidade de volume, freqüentemente expressa em unidades de transportadores (elétrons, buracos ou íons) por centímetro cúbico.

Condutância

Habilidade de transportar a corrente. Tem como unidade ohm-1, também chamada mhos ou Siemens (S). É o recíproco da resistência.

Condutividade térmica
Transferência de calor por meio da vibração dos átomos.

Conformação

Geometria molecular que difere de outras geometrias devido à rotação em torno de determinadas ligações químicas ; diferentes conformações (confôrmeros) estão associadas à poços de potenciais distintos. Biomoléculas e produtos de síntese orgânica podem interconverter-se através de muitas conformações.

Corrente crítica (Jc)

Mais alta densidade de corrente na qual, num sólido, o estado de supercondução pode ser mantido.

Cristal

Sólido com forma poliédrica regular. Todos os cristais da mesma substância crescem de modo que têm o mesmo ângulo entre as fases. Entretanto, podem não ter a mesma aparência externa, pelo fato de que faces diferentes podem crescer com diferentes velocidades, dependendo das condições. A forma externa dos cristais denomina-se hábito cristalino. Os átomos, íons e moléculas que formam o cristal têm um arranjo regular, isto é, a estrutura cristalina.

Cristalino

Aquele que tem arranjo interno regular de átomos, íons ou moléculas, característico dos cristais.

Cristalito

Cristal pequeno. Por exemplo, um dos pequenos cristais que fazem parte de uma substância micro- cristalina.

Cristalização

Processo de formação de cristais a partir de um líquido ou gás.

Cristalografia

Disciplina que estuda a forma e estrutura dos cristais.

Cristal covalente

Cristal no qual os átomos são ligados por ligações covalentes. Cristais covalentes são algumas vezes chamados cristais macromoleculares ou cristais moleculares. São substâncias com elevados pontos de fusão, tais como o diamante e o nitreto de boro.

Cúbica simples, cela Tipo de célula unitária na qual existem átomos em posições idênticas às faces de um cubo.

CVD, deposição química de vapor

Método para crescimento de sólidos; espécies precursoras tipicamente gasosas são decompostas e aquecidas num substrato, sendo em seguida depositadas sobre o material desejado.

 © 2001-2017 LQES - lqes@iqm.unicamp.br sobre o lqes | políticas | link o lqes | divulgação | fale conosco