Laboratório de Química do Estado Sólido
 LQES NEWS  portfólio  em pauta | pontos de vista | vivência lqes | lqes cultural | lqes responde 
 o laboratório | projetos e pesquisa | bibliotecas lqes | publicações e teses | serviços técno-científicos | alunos e alumni 

LQES
 alunos e alumni 
alunos

alumni

cadastre-se
 
ALUMNI 

Leandro Carneiro Fonseca, Mestrado (2014)
email: leandro.fonseca89@gmail.com

Modificação superficial de veículos moleculares à base de nanopartículas de sílica mesoporosa

Resumo

Apesar dos tratamentos quimioterápicos vigentes, os principais fármacos antitumorais da atualidade são utilizados em doses limitadas, pois não possuem especificidade no combate às células cancerosas, atingindo também células sadias do corpo humano. As características hidrofóbicas de muitos desses fármacos dificulta ainda mais sua utilização. Nesse aspecto, as nanotecnologias ligadas à química e a biologia oferecem novas maneiras de superar tais barreiras em virtude do desenvolvimento de nanomateriais capazes de transportar o farmaco especificamente ao alvo biológico. No presente trabalho são desenvolvidos nanocarreadores esféricos de sílica mesoporosa contendo grupos fenila (hidrofóbicos) em seu interior, cuja função é adsorver fármacos hidrofóbicos através de interações do tipo Van Der Walls no interior dos poros desses nanomateriais, mantendo sua integridade físico-química e, liberando-os posteriormente, às células alvo de maneira específica. Para otimização desses sistemas, faz-se necessário funcionalizar a superfície externa das nanopartículas com o polietilenoglicol (PEG), de modo a "camuflá-las" do sistema imunológico e evitar efeitos biológicos indesejáveis. Portanto, foi realizada nesse trabalho a funcionalização externa das nanopartículas porosas de sílica com PEGs de cadeias poliméricas curtas e longas, avaliar sua estabilidade coloidal e influência na hemólise de células vermelhas do sangue considerando-se, nesse contexto, o os efeitos de concentração, agregação e área superficial. No processo de caracterização das nanopartículas a técnica de Ressonância Magnética Nuclear de carbono e silício detém significativa importância na elucidação estrutural e confirmação das etapas de funcionalização

[Capes]

 © 2001-2017 LQES - lqes@iqm.unicamp.br sobre o lqes | políticas | link o lqes | divulgação | fale conosco