Laboratório de Química do Estado Sólido
 LQES NEWS  portfólio  em pauta | pontos de vista | vivência lqes | lqes cultural | lqes responde 
 o laboratório | projetos e pesquisa | bibliotecas lqes | publicações e teses | serviços técno-científicos | alunos e alumni 

LQES
publicações
livros

trabalhos publicados em revistas

teses

patentes lqes

trabalhos publicados em congressos

comunicações internacionais

comunicações nacionais

bases de publicação

Scielo

WoS

Probe
 
PROGRAMA BIBLIOTECA ELETRÔNICA - ProBE

Reúne em consórcio:

  • FAPESP - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo
  • USP - a Universidade de São Paulo
  • UNESP - a Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho"
  • UNICAMP - a Universidade Estadual de Campinas
  • UFSCar - a Universidade Federal de São Carlos
  • UNIFESP - a Universidade Federal de São Paulo
  • BIREME/OPS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação
    em Ciências da Saúde.

A partir de 17 de agosto de 2000, ingressaram no Consórcio 14 (catorze) Institutos de Pesquisa do Estado de São Paulo , a saber: CTA/ITA, IPEN, INPE, INCOR, IPT, LNLS, ITAL, IDP, IF, IB (Instituto Biológico de São Paulo), IG (Instituto Geológico), IZ (Instituto de Zootecnia), IIER (Instituto de Infectologia Emílio Ribas), IAC e a Fundação SEADE.

O ProBE foi lançado em maio de 1999 e oferece para a comunidade científica, acadêmica e administrativa das instituições consorciadas a consulta ágil e atualizada, por meio eletrônico, a textos completos de revistas científicas internacionais através da Rede ANSP Academic Network of São Paulo.

Na primeira fase do programa foram disponibilizados os textos dos artigos de 606 periódicos internacionais da editora holandesa Elsevier Science Inc. Atualmente o programa conta com mais 178 títulos de periódicos da Academic Press e 58 títulos da High Wire Press.

O acesso ao texto eletrônico inclui vantagem sobre as consultas aos textos impressos, pois permite a consulta simultânea por diversos pesquisadores, racionalizando o uso das coleções e otimizando recursos.

O acesso eletrônico está disponível para cerca de 12 mil professores e pesquisadores e 115 mil alunos de graduação e pós-graduação a partir equipamentos instalados em seu próprio ambiente de trabalho e nas 101 bibliotecas das instituições consorciadas.

A participação da FAPESP neste programa consolidou o resultado da ação cooperativa entre os integrantes do consórcio. A fundação é a responsável pela infra-estrutura de hardware e software adequados à instalação e ao funcionamento da biblioteca eletrônica, bem como pela própria base de dados das revistas.

O ProBE é mais uma iniciativa da FAPESP no sentido de expandir e enriquecer os serviços e recursos de informação especializada indispensáveis às atividades da comunidade científica do Estado de São Paulo.

Com esse mesmo próposito, a FAPESP implantou anteriormente:

  • o projeto SciELO, em parceria com a BIREME - base de dados eletrônica de revistas científicas brasileiras, desde 1997;

  • acesso ao Web of Science, do Institute for Scientific Information (ISI) , EUA base de dados com resumos, referências e citações de artigos publicados em cerca de 8.400 periódicos científicos internacionais, desde 1974.

 © 2001-2017 LQES - lqes@iqm.unicamp.br sobre o lqes | políticas | link o lqes | divulgação | fale conosco