Laboratório de Química do Estado Sólido
 LQES NEWS  portfólio  em pauta | pontos de vista | vivência lqes | lqes cultural | lqes responde 
 o laboratório | projetos e pesquisa | bibliotecas lqes | publicações e teses | serviços técno-científicos | alunos e alumni 

LQES
projetos
temáticas de pesquisa

agências financiadoras

instituto do milênio

pronex

cepid

convênios empresa

colaborações científicas

missões científicas

 
CEPID - CENTROS DE PESQUISA, INOVAÇÃO E DIFUSÃO DA FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE SÃO PAULO, FAPESP

CEPID é a sigla de Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão. Trata-se de um programa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - FAPESP, que objetiva financiar a implantação e as atividades, no Estado de São Paulo, de centros de pesquisa multidisciplinares que, simultaneamente, desenvolvam mecanismos de transferência dos resultados dessas pesquisas para a Sociedade.

A transferência de conhecimentos dar-se-á tanto pela parceria com empresas privadas ou orgãos públicos, quanto pela interação com o sistema educacional, realizando atividades de extensão na área de educação. Ainda, segundo a FAPESP, tal programa preconiza "a busca de novos paradigmas para a organização da Pesquisa".

Em atenção ao Edital de Chamada no.1 foram apresentadas mais de uma centena de propostas, que depois de um exaustivo processo de análise - envolvendo renomados especialistas brasileiros e estrangeiros -, teve sua escolha concentrada em 10 centros. Vale lembrar que as propostas foram redigidas em inglês, por exigência da Fundação.

Em outubro de 2000, a FAPESP - em cerimônia que contou com a presença do Excelentíssimo Governador do Estado de São Paulo, Mário Covas - anunciou os 10 centros de inovação, contemplados com o apoio financeiro da Fundação, e que poderão durar por até 11 anos, dependendo da performance e do atingimento de metas.

O Centro de Pesquisa em Óptica e Fotônica - CePOF (Optics and Photonics Research Center), do qual o LQES - Laboratório de Química do Estado Sólido, do Instituto de Química, da UNICAMP é um dos integrantes, reflete um esforço multidisciplinar em pesquisa, transferência de tecnologia e educação, que focaliza suas atividades no campo da óptica e fotônica, visando a aplicação em telecomunicações, desenvolvimento de materiais, engenharia de lasers e ciências da vida.

As atividades de pesquisa incluem não só estudos básicos em física atômica e molecular, ciências de materiais, aplicações de dispositivos e sistemas, mas também projetos de demanda do setor produtivo.

Conformam o CePOF, o Instituto de Física da UNICAMP, o Instituto de Física da USP-São Carlos, a Faculdade de Engenharia Elétrica e Computação da UNICAMP, o Instituto de Química da UNICAMP (através do LQES), a Faculdade de Medicina da UNICAMP e o Instituto de Pesquisas Nucleares (IPEN) de São Paulo.

O estabelecimento deste Centro incrementará, sobremaneira, a capacidade dos pesquisadores individuais envolvidos. A integração de pesquisadores de diferentes áreas ( física, ciências dos materiais, física óptica não-linear, atômica e molecular, química e engenharia), certamente proverá interações cooperativas através destes eixos disciplinares.

A natureza complementar da "expertise" nas três instituições, - UNICAMP, USP-São Carlos e IPEN -, aponta para um integração natural e proveitosa. Desta interação, importantes ganhos nas atividades de pesquisa ocorrerão, permitindo que se dê lugar a importantes ações em educação e transferência de tecnologia.

CePOF

Nota: O presente texto foi parte traduzido e parte baseado na proposta enviada a FAPESP, na fase final do processo de seleção dos Centros, em abril de 2000. Para obter mais informes sobre o CePOF, clique aqui.

 © 2001-2017 LQES - lqes@iqm.unicamp.br sobre o lqes | políticas | link o lqes | divulgação | fale conosco