Laboratório de Química do Estado Sólido
 LQES NEWS  portfólio  em pauta | pontos de vista | vivência lqes | lqes cultural | lqes responde 
 o laboratório | projetos e pesquisa | bibliotecas lqes | publicações e teses | serviços técno-científicos | alunos e alumni 

LQES
lqes news
novidades de C&T&I e do LQES

2019

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

2005

2004

2003

2002

2001

LQES News anteriores

em foco

hot temas

 
NOVIDADES

Bulimia e anorexia: a serotonina mais uma vez entra em jogo.

Tanto a bulimia (apetite insaciável) quanto a anorexia (perda de apetite; inapetência) têm origem genética. Tais patologias - segundo o Doutor Howard Steiger, diretor do Programa de Distúrbios Alimentares, do Hospital Douglas, de Montreal (Canadá) -, estão ligadas a genes responsáveis pela produção da serotonina, hormônio do cérebro que controla o humor, o apetite e o comportamento.

Psicólogo, ele estudou o caso de 85 mulheres, das quais sessenta sofrendo de distúrbios alimentares. Observou que nos pacientes bulímicos ou anoréxicos, os genes que comandam a fabricação da serotonina não são tão ativos. Medicamentos que ativam a fabricação da serotonina foram prescritos aos pacientes, tendo sido observada melhora significativa dos mesmos.

A verdadeira "ditadura" imposta pela moda leva mulheres e homens a seguirem rigorosos regimes emagrecedores. Howard Steiger é de opinião que determinadas pessoas apresentam maior sensibilidade a tais regimes, que acabam agindo como causadores de distúrbios de alimentação. Acredita ainda o pesquisador que as restrições alimentares têm maiores impactos sobre o metabolismo das mulheres que sobre o metabolismo dos homens.

CyberSciences (A. Deleglise), February 11, 2003. (Tradução/Texto - MIA)

<< voltar para novidades

 © 2001-2019 LQES - lqes@iqm.unicamp.br sobre o lqes | políticas | link o lqes | divulgação | fale conosco