Laboratório de Química do Estado Sólido
 LQES NEWS  portfólio  em pauta | pontos de vista | vivência lqes | lqes cultural | lqes responde 
 o laboratório | projetos e pesquisa | bibliotecas lqes | publicações e teses | serviços técno-científicos | alunos e alumni 

LQES
lqes news
novidades de C&T&I e do LQES

2019

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

2005

2004

2003

2002

2001

LQES News anteriores

em foco

hot temas

 
NOVIDADES

Densidade eletrônica: via para a compreensão da atividade terapêutica das moléculas.

Um domínio relativamente novo de pesquisa vem despertando a curiosidade de especialistas. Tanto é assim, que um pesquisador canadense, da Universidade de Toronto, Ontário, vem se dedicando à pesquisa de novas moléculas, interessado na atividade terapêutica das mesmas, partindo do estudo de sua densidade eletrônica.

Um jovem pesquisador do laboratório de John Polanyi (Prêmio Nobel de Química de 1986), Cherif Matta, é um farmacologista que aos poucos vem se voltando para a química quântica e a teoria quântica. São três os principais pontos sobre os quais seu trabalho incide:

i) métodos estatísticos que utilizam propriedades calculadas para predizer a atividade farmacológica de uma molécula. Tratam-se de estudos conhecidos como QSAR (quantitative structure-activity relationship). Neste domínio, os trabalhos do pesquisador possibilitaram-lhe, a partir do estudo da densidade eletrônica, construir modelos capazes de predizer várias propriedades biológicas e físico-químicas de aminoácidos;

ii) desenvolvimento de programas de informática que permitirão ampliar a química quântica às grandes moléculas. Aqui, o estudo da densidade eletrônica de aminoácidos isolados permite a construção teórica da densidade eletrônica de uma proteína extensa;

iii) estudos da geometria molecular permitem a Matta comparar os valores teóricos obtidos com os resultados de geometrias calculadas. Neste domínio, o pesquisador vem trabalhando em colaboração com um especialista em difração de raios-X.

O desenvolvimento de novos métodos de comparação entre moléculas permitirá a comparação de fragmentos moleculares, como os "farmacóforos", de uma série de moléculas similares.

Trata-se, como se pode ver, de uma nova escola de pensamento, a qual tem tudo para prosperar e se desenvolver, dado oferecer novos métodos para que se chegue à descoberta de novos medicamentos.

Mais informações podem ser obtidas através do email cmatta@utoronto.ca ou através do site www.chem.utoronto.ca.

February 2003. (Tradução/Texto - MIA)

<< voltar para novidades

 © 2001-2019 LQES - lqes@iqm.unicamp.br sobre o lqes | políticas | link o lqes | divulgação | fale conosco