Laboratório de Química do Estado Sólido
 LQES NEWS  portfólio  em pauta | pontos de vista | vivência lqes | lqes cultural | lqes responde 
 o laboratório | projetos e pesquisa | bibliotecas lqes | publicações e teses | serviços técno-científicos | alunos e alumni 

LQES
lqes news
novidades de C&T&I e do LQES

2019

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

2005

2004

2003

2002

2001

LQES News anteriores

em foco

hot temas

 
NOVIDADES

Corantes alimentares são utilizados na fabricação de fotomáscaras.

A tecnologia dos microfluidos vem subvertendo a produção de microprocessadores. Corantes alimentares, de uso corrente, parecem ser os responsáveis por tal agitação, conforme um pesquisador da Universidade de Washington relata nos Proceedings of the National Academy of Sciences.

A fotolitografia, hoje, passa por uma verdadeira revolução, graças a este professor de engenharia biológica, que partiu do princípio de que fluxos de cores diferentes não se misturam, quando em tubos concebidos com polímeros, no interior dos quais o fenômeno de turbulência é bastante reduzido.

Realmente, múltiplos corantes - a fim de produzirem nuances variadas da luz ultravioleta que atravessa essas fotomáscaras -, podem preencher canais feitos de polímeros. Esta matéria mole não só permite uma separação mais fácil da matriz, mas também uma modificação potencialmente radical dos procedimentos de fabricação, o que leva à concepção em três dimensões.

Em se tratando da pesquisa universitária, tais experiências não são menos promissoras, uma vez que é justamente aí que a fabricação de estruturas experimentais, freqüentemente, ressente-se em função dos altos custos de sua realização.

New York Times, February 20, 2003. (Tradução/ Texto - MIA)

<< voltar para novidades

 © 2001-2019 LQES - lqes@iqm.unicamp.br sobre o lqes | políticas | link o lqes | divulgação | fale conosco