Laboratório de Química do Estado Sólido
 LQES NEWS  portfólio  em pauta | pontos de vista | vivência lqes | lqes cultural | lqes responde 
 o laboratório | projetos e pesquisa | bibliotecas lqes | publicações e teses | serviços técno-científicos | alunos e alumni 

LQES
lqes news
novidades de C&T&I e do LQES

2019

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

2005

2004

2003

2002

2001

LQES News anteriores

em foco

hot temas

 
NOVIDADES

A Siemens desenvolve o menor cromatógrafo a gás.

O menor cromatógrafo a gás, para processos industriais, acaba de ser desenvolvido pela Siemens, empresa alemã que se valeu, para tanto, de microtecnologias.

Assim, enquanto os modelos atuais têm o tamanho de um armário, o "MicroSAM" tem, nada mais nada menos, que o tamanho de uma bola de futebol!

Ele é composto por um tubo longo, recoberto por um revestimento particular, com a ajuda do qual cada gás, segundo sua natureza, apresenta uma velocidade de circulação diferente, que permite que sejam separados. É unicamente a diferença de pressão que possibilita a separação dos gases, uma vez que a entrada no duto de separação é feita sem qualquer separador mecânico.

Um fio de ouro de 0,3 mícron de espessura, aquecido a uma temperatura de cerca de 100 o C, superior àquela dos gases do ambiente, auxilia na identificação dos diferentes gases.

Dado que cada gás possui propriedades térmicas diferentes, a temperatura do fio (não só ela, mas também sua resistência) varia em função do gás em contato, permitindo, assim, que o mesmo seja identificado.

O "MicroSAM" também sai na frente em tempo de análise: enquanto os cromatógrafos clássicos, a gás, necessitam de 10 minutos para realizar a medida, ele o faz em apenas 2 minutos! O resultado de todo este avanço tecnológico é que pode ser conseguido um melhor controle dos processos industriais.

O cromatógrafo será apresentado no salão internacional sobre tecnologias químicas - o Achema -, que acontecerá de 19 a 24 de maio em Frankfurt (Alemanha).

IDW, märz 15, 2003. (Tradução/Texto - MIA)

<< voltar para novidades

 © 2001-2019 LQES - lqes@iqm.unicamp.br sobre o lqes | políticas | link o lqes | divulgação | fale conosco