Laboratório de Química do Estado Sólido
 LQES NEWS  portfólio  em pauta | pontos de vista | vivência lqes | lqes cultural | lqes responde 
 o laboratório | projetos e pesquisa | bibliotecas lqes | publicações e teses | serviços técno-científicos | alunos e alumni 

LQES
lqes news
novidades de C&T&I e do LQES

2010

2009

2008

2007

2006

2005

2004

2003

2002

2001

LQES News anteriores

em foco

hot temas
 
NOVIDADES

Morfossíntese : no laboratório, imitação das formas da natureza.

"Morfossíntese" pode ser entendida como a capacidade que tem a química de construir materiais inorgânicos organizados com arquiteturas não-usuais e complexas.

Baseados nestas idéias, os pesquisadores do LQES - Laboratório de Química do Estado Sólido, Ítalo Mazali e Oswaldo Alves, partiram para a obtenção de réplicas inorgânicas, com elevada fidelidade morfológica, da esponja vegetal Luffa Cylindrica, a popular "bucha de banho".

Através de um procedimento, simples e barato, os pesquisadores obtiveram réplicas formadas unicamente de materiais inorgânicos, tais como CaCO3 (carbonato de cálcio) e fosfato de cálcio. As últimas constituem-se de uma mistura multifásica de Ca5(PO4)3OH (isomorfo à hidroxiapatita), Ca3(PO4)2 e Beta-Ca2P2O7.

Como pode ser visto na ilustração, após a obtenção da réplica inorgânica verifica-se uma contração de aproximadamente 30% em relação ao volume original.

Á esquerda, esponja vegetal Luffa Cylindrica. À direita, temos uma réplica inorgânica de CaCO3 (carbonato de cálcio).

Fruto seco da Luffa Cylindrica (bucha vegetal)

Tais resultados atestam a grande potencialidade do uso de macromoldes na fabricação de materiais com morfologias complexas, ao mesmo tempo em que abre caminho, via o mesmo processo, para obtenção dos mais diferentes materiais.

O trabalho que mostrou a potencialidade deste processo, bem como a caracterização das diferentes fases cristalinas formadas foi apresentado na última Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química (SBQ)/Congresso Latino-Americano de Química, realizada recentemente em Salvador, de 29 de junho a 03 de julho de 2004, ocasião em que foi premiado pela Divisão de Química de Materiais da Sociedade.

No LQES prosseguem as pesquisas nesta linha obtendo-se vários outros materiais inorgânicos replicados multicomponentes (MIRM). Patente relativa ao processo de fabricação destas estruturas está sendo depositada no Instituto Nacional de Proteção Industrial (INPI), pela Unicamp.

LQES NEWS, Ano III, número 60, 01 de julho de 2004.


<< voltar para novidades

 © 2001-2017 LQES - lqes@iqm.unicamp.br sobre o lqes | políticas | link o lqes | divulgação | fale conosco