Laboratório de Química do Estado Sólido
 LQES NEWS  portfólio  em pauta | pontos de vista | vivência lqes | lqes cultural | lqes responde 
 o laboratório | projetos e pesquisa | bibliotecas lqes | publicações e teses | serviços técno-científicos | alunos e alumni 

LQES
lqes news
novidades de C&T&I e do LQES

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

2005

2004

2003

2002

2001

LQES News anteriores

em foco

hot temas

 
NOVIDADES

Nanotoxicologia Ambiental : interação de nanoestruturas com microrganismos aquáticos.

Um dos relevantes problemas ligados às nanotecnologias é a interação de nanoestruturas (nanomateriais) com biossistemas. A importância vem do fato de que, em princípio, as informações e estudos geram dados cruciais para subsidiar a tomada de posição e o desenvolvimento da regulação para esta tecnologia.

Nesta direção, o Laboratório de Ecotoxicologia Aquática e Limnologia (LEAL) da Faculdade de Tecnologia, coordenado pela profa. Gisele Umbuzeiro e o Laboratório de Química do Estado Sólido (LQES), do Instituto de Química, ambos da Unicamp, vêm trabalhando na interação de diversas nanoestruturas (nanotubos de carbono, nanotubos inorgânicos, grafenos, entre outros) com microcrustáceos do gênero Daphnia, mais precisamente a Daphnia similis.

Em trabalho recentemente publicado na revista Environmental Toxicology and Chemistry, publicado pela Society of Environmental Toxicology and Chemistry/Wiley, foi mostrado o efeito da interação de um novo tipo de nanofio de vanadato de prata decorado com nanopartículas de prata (SVSN-LQES1), "com promissora atividade antimicrobiana frente a várias bactérias patogênicas", usando a Daphnia similis. Os resultados mostraram que os SVSN-LQES1 são agudamente tóxicos.



Cover: Testing organisms such as Daphnia, is key in understanding the impact nanoparticles have on the aquatic environment. See Artal et al. (pp.908-912)

Créditos: Gerald Helbig.


Estas pesquisas fazem parte da plataforma de estudos da Rede Brasileira de Nanotoxicologia - CigeNanoTox, sediada no Instituto de Química da Unicamp, coordenada pelos profs. Nelson Durán e Oswaldo Luiz Alves e financiada pelo MCTI/CNPq.

LQES NEWS - Ano XII - n. 268, 05 de junho de 2013 (OLA).


Nota do Managing Editor - O trabalho "The role of silver and vanadium release in the toxicity of silver vanadate nanowires toward Daphnia similis", que deu origem a esta notícia, é de autoria de Mariana Coletty Artal, Raphael Dias Holtz, Fábio Kummrow, Oswaldo Luiz Alves e Gisela de Aragão Umbuzeiro, tendo sido publicado na revista Environmental Toxicology and Chemistry, volume 32, número 4, págs. 908-912, 2013, DOI: 10.1002/etc.2128.


Assuntos Conexos:

Quadragésima primeira tese realizada no LQES.

Apareceu o Mickey.

Mickey a serviço da ciência.


<< voltar para novidades

 © 2001-2017 LQES - lqes@iqm.unicamp.br sobre o lqes | políticas | link o lqes | divulgação | fale conosco