Laboratório de Química do Estado Sólido
 LQES NEWS  portfólio  em pauta | pontos de vista | vivência lqes | lqes cultural | lqes responde 
 o laboratório | projetos e pesquisa | bibliotecas lqes | publicações e teses | serviços técno-científicos | alunos e alumni 

LQES
lqes news
novidades de C&T&I e do LQES

2010

2009

2008

2007

2006

2005

2004

2003

2002

2001

LQES News anteriores

em foco

hot temas
 
NOVIDADES

IBM, a nanotecnologia : chips miniaturizados.

Onde a nanotecnologia?

Num procedimento que consiste em miniaturizar toda matéria tornando-a um milhão de vezes menor. As técnicas mais recentes permitem gravar linhas de 80 nanômetros! (1000 vezes mais finas que uma folha de papel!).

Milhões de microfuros para chips mais performantes. A IBM resume seu novo processo, "revolucionário", de fabricação de chips para informática para o futuro. Bilhões de furos em escala nanométrica, para criar o vazio entre os componentes eletrônicos. Assim, a corrente elétrica circula mais rapidamente, aquece menos, consumindo menos energia.

Este procedimento, até aqui testado em laboratório, entra atualmente em fase industrial. Deverá ser instalado nas cadeias de fabricação de chips da IBM, a partir de 2009. Conforme o grupo, ele pode fazer as performances aumentarem 35%, reduzindo o consumo energético em igual porcentagem.





Processador.

Créditos: TF1



Tal tecnologia permite criar furos no vidro, que, em seguida, são recobertos por uma nova camada de vidro que cria o vazio nos buracos. Não é tão fácil compreender, mas, em resumo, é altamente inovador e eficiente para o mundo de amanhã.

DepannetonPC (www.depannetonpc.net), consultado em 16 de maio de 2007 (Tradução - MIA).


Assuntos conexos:
400 milhões de transistores por chip!

Chips eletrônicos: Samsung começa a se afastar dos concorrentes!

Macroinvestimentos para nano dispositivos.


<< voltar para novidades

 © 2001-2017 LQES - lqes@iqm.unicamp.br sobre o lqes | políticas | link o lqes | divulgação | fale conosco